fbpx

Como vender nas redes sociais

19/05/21

Quando falamos sobre vendas na internet, vemos normalmente dois grupos de empreendedores: os que acham um recurso secundário para se investir tempo e organização e outros que já começaram pelas redes sociais, mas ainda não conseguem obter vendas recorrentes.

Este artigo é para descomplicar esse assunto e te ajudar na prática a literalmente aparecer na internet do jeito certo. Afinal, quem não é visto não é lembrado!

E mais do que ser visto, é preciso fazer algumas perguntas sem apego emocional para saber se o seu perfil comercial está alcançando as suas expectativas de forma clara e objetiva para os clientes.

Faça essas perguntas para alguém que poderia ser seu público alvo, mostrando o que você já tem postado nas suas redes sociais, para colher informações de melhorias que devem ser feitas imediatamente: 

Vendas pela internet, o mercado promissor no Brasil

Segundo uma pesquisa realizada em 2019 feita pelo PayPal em parceria com Ipsos, mostraram que nós brasileiros já amávamos tanto as redes sociais que 43% dos brasileiros compravam através das redes sociais, e comparando-nos ao restante do mundo continuamos no ranking entre os principais países que passam mais tempo acessando aplicativos e finalizam compras pelos links de e-commerce vinculados à redes sociais

Essa estatística deve ser ainda mais promissora neste ano de 2021, pois como ainda estamos vivendo a pandemia covid-19, já é possível comprar tudo o que imaginarmos pela internet.

Para ajudar a alavancar seu negócio é preciso mapear entre as vastas mídias digitais onde o seu público alvo está, isto é, onde eles mais acessam para encontrar o mesmo tipo de produto que você vende.

Vale lembrar o óbvio, rede social antes de vendas é uma rede de contato, de relacionamento. As pessoas compram somente de quem lhe passa alguma segurança, estrutura para resolver possíveis problemas em tempo hábil e que demonstram autoridade no assunto. Então anota aí antes de sair correndo e criar seu perfil comercial no Instagram, essa lição de casa, pra deixar não só o visual atrativo, mas principalmente estruturar a sua marca.

Ficou interessado em fazer parte do nosso time de consultoras?
Veja no infográfico abaixo nosso modelo de negócio e qual das opções se adequa melhor a sua necessidade e entre em contato conosco para fazer a análise do seu cadastro hoje mesmo.

1º Defina o nome da sua loja de forma que seja fácil de lembrar e escolha seus 3 principais produtos.

Pesquise no busca do Instagram e Google se já não existe outra empresa com o mesmo nome. 

Cuidado com as vendas de ‘‘tudo um pouco’’ porque você não vai conseguir alcançar um público específico por estar atirando para todos os lados. Quanto mais focado for o seu produto, mais você saberá quem terá interesse em comprá-lo. Isso é o famoso termo de marketing: desenvolver o seu nicho.

2º Conheça o seu público alvo

E por falar em nicho, isto está totalmente ligado ao seu público alvo. Entenda que nem todas as pessoas de todas as idades, de todo o país terão interesse no seu produto.

Há uma busca frequente de uma faixa etária específica para determinadas coisas. Por exemplo, artigos de decoração normalmente quem tem interesse são pessoas entre 25 a 40 anos que desejam mobiliar a casa nova ou vão se casar, ou já possuem filhos. Com isso entende-se que tenham uma renda x mensal que os permite investir em decoração. Aí você teria que analisar dentro dessa faixa etária se o seu produto é caro ou barato para a classe econômica que quer atingir.
Isso vai lhe dar um norte sobre qual é a linguagem ideal para falar com este público tanto esteticamente (toda a parte visual, artes de posts, vídeos, etc.) E nos textos, se vai precisar usar uma linguagem formal ou descontraída.

3º Responda se possível todas as mensagens recebidas em tempo útil.

Estamos falando de uma geração imediatista que não tem ideia que você está atendendo mais de 10 pessoas ao mesmo tempo. Para o seu cliente, aquela conversa é única e ele quer atenção imediata para dúvidas recorrentes sobre seu produto ou empresa.

Sabemos que não é nada fácil gerenciar as redes sociais, criar conteúdo e ainda fazer essa ponte de comunicação. Por isso, se possível deixe essa tarefa com uma pessoa que tenha facilidade em resolver problemas, desenvolve um diálogo cordial e consegue usar mais de uma rede social ao mesmo tempo.
Lembre-se: A forma que você escreve ao cliente é do mesmo modo que ele interpretaria se fosse uma conversa pessoal. 

Seja simples, conciso e agradável por mais que a pessoa do outro lado as vezes não seja. 

Se você trabalha sozinho, reserve algumas horas em diferentes horários dentro da sua rotina para priorizar o atendimento on-line. 

Indicamos as ferramentas: WhatsApp Business (para não usar seu Whatsapp particular sem ter horas de pausa e descanso), Facebook Business Suite (para conseguir responder o Instagram e o Facebook ao mesmo tempo em uma única ferramenta. 

4º Use o social commerce

O Facebook e o Instagram são empresas integradas. Os principais benefícios disso é poder impulsionar em um único anúncio os seus produtos nos dois canais pagando apenas uma taxa. E ainda você pode fazer a loja on-line dentro do Facebook e vincular no Instagram. Deste modo o cliente não precisa sair da rede social para finalizar a compra. 

Assim você cria conteúdo que atrai o cliente, gera interesse em ficar (te seguir) e ainda vende discretamente sem ‘‘forçar a barra’’.

Fale com uma de nossas analistas e ative seu cadastro digital para revender e lucrar hoje mesmo!

Como manter o cliente atraído ao perfil?

Desenvolva um planejamento com antecipação de execução de pelo menos 1 mês antes da data de ação com ofertas semanais. Desmembre o mês em semanas para ver o que se adequa a sua estrutura no momento.
Faça campanhas a cada 15 dias, semanalmente ou pelo menos uma vez no mês. 

Oferte neste período campanhas como black friday, algum produto que está tendo muita saída, alguns produtos que queira fazer uma queima de estoque, ofertas estacionais como primavera-verão, focado em datas comemorativas, lançamento de uma linha nova de produtos. 

Dessa forma você sempre chamará a atenção do cliente e sua marca estará associada a um empresa que sempre tem novidades e promoções interessantes. 

E pode aproveitar essas ocasiões para testar a entrada de um novo produto no seu portfólio, se não tiver nenhuma saída durante a semana promocional, entende-se que não é atrativo esse produto no momento ao seu público.

Como fazer promoções que não sejam cansativas?

Crie conteúdo alinhado com a categoria que você quer vender naquela semana. Dessa forma não fica cansativo o assunto e venderá de forma discreta, ao mesmo tempo que dará autoridade ao seu produto. 

O que mostrar nestes conteúdos? Veja o seu planejamento de postagens e quantos post serão necessários para distribuir entre as artes e as legendas atrativas sobre:

  • os benefícios do produto
  • vídeos explicativos de uso
  • depoimento de clientes que usaram 

Se possível monte kits com itens que tem haver com o mesmo tema do produto, por exemplo, se você quer promover um creme corporal em vez de falar somente dele a semana toda, monte um kit com hidratante e um esfoliante de mãos. 

Assim você atrai outros clientes que consomem além deste produto, sempre abordando a mensagem de autocuidado, bem estar, beleza feminina, e etc. 

Use nas legendas os gatilhos mentais para incentivar a ação do cliente a finalizar a compra. 

Como fidelizar o cliente?

A cereja do bolo é sempre um presente. Todo cliente adora brindes que sejam úteis, cupom de desconto para próxima compra, cupons cumulativos que ganham um produto posteriormente da empresa. As pizzarias são especialistas nisso, colocando cupons cumulativos na caixa para após a soma de uma quantidade determinada o cliente possa trocar os cupons por uma pizza tradicional da casa. Pegou a dica?
Proporcione ao seu cliente a experiência de vantagem na compra. Com certeza ele vai voltar a comprar com você. 

Fique ligado que em nosso próximo artigo traremos mais detalhes sobre as estratégias de vendas nas principais mídias sociais de E-commerce.

Aqui na Fonzaghi nossas consultoras têm acesso a fotos e materiais de excelente qualidade para fazerem um catálogo digital no Whatsapp Business e revender da forma mais fácil e rápida pelo próprio celular.   

Além disso, temos artigos de apoio com conteúdos sobre nossos produtos que podem ser usados como base para criação de post de topo de funil (posts de conteúdo atrativo).

Quer vender online sem precisar de investimento? Vem pra Fonzaghi!

Converse agora com uma de nossas analistas pelo nosso WhatsApp.

Quer saber todas as novidades da Fonzaghi em primeira mão?

Adicione esse número  Fz Comunica na sua agenda de contatos para não sermos bloqueados como spam pelo seu WhatsApp. E posteriormente nos envie uma mensagem: Eu quero e aguarde os próximos envios semanais.

Seja uma consultora Fonzaghi e mude a sua história através da consignação.


Copyright 2021
E-MAIL
CHAT
+
TOPO