fbpx

Feminino

05/03/21
Além do que pode se ver

O dia internacional da mulher não é um mero dia voltado a homenagens triviais às mulheres, mas um convite à reflexão referente a como a sociedade as trata, e como veem a si mesmas, numa reação involuntária sob a cultura imposta pela sociedade.

Quando pensamos na jornada da luta feminina ao longo dos tempos, percebemos quantas mulheres tiveram que sair da zona de conforto e serem a voz das que não tinham a mesma força para lutar. Isso tudo é muito mais do que uma briga de gênero, é a luta pela igualdade, pela liberdade de ser quem são e como querem ser, sem rótulos ou inferiorização por isso. 

Diante de uma sociedade moderna em pleno século XXI ainda se ouve por aí: ‘‘Que lugar de mulher é onde ela quiser desde que…’’ E esse ‘‘quê, porém, ou mas’’ só traz à tona uma antiga questão: a busca de um padrão perfeito infundado.

O que seria esse padrão perfeito? 

Perfeito seria para o mercado de trabalho se as mulheres não precisassem engravidar e sair em licença maternidade? Ou seria perfeito se não brigassem pela igualdade de salário comparado aos homens?

Seria perfeito se todas as mulheres fossem de uma só cor de pele? Com todas as características de um ser delicado, vulnerável, totalmente dependente do homem? Curvas moderadas, que não envelhecessem e de praxe não tenham celulite? 

Ainda que esse sonho em partes seja o desejo de algumas mulheres, isso na verdade só reflete ideais distorcidos do que é o ser feminino. 

“A mulher é como ela se vê”. 

Conheça essas e outras obras da artista plástica que retratou na Exposição “A Beleza que Aflora” trazendo uma narrativa visual da beleza subjetiva. Traz uma poética onde a estética visual se manifesta pelas emoções, levando o público a uma interpretação poética dos sentimentos. A beleza é uma verdade e existe em si mesma.
O objeto do estudo dela é a subjetividade inerente aos seres. Abordando, então, as linguagens e expressões tanto corporais quanto gestuais como formas de comunicação em relação à essência do ser.
A mulher é como ela se vê. Na obra Simetria trouxe não uma simetria bilateral, mas uma simetria reflexiva para transmitir o reflexo de si mesma.

Parem de anunciar que elas são o sexo frágil. Elas são a expressão viva da natureza na questão da regeneração, na evolução humana, pois estão em constante metamorfose de dentro pra fora. 

Você com certeza conhece alguém que venceu o câncer de mama. É uma guerra desleal e que muitas ainda assim, resistem pelo simples fato de se conectarem com a força interior que possuem. Uns chamam essa força de fé. E pode ser mesmo, afinal só a mulher pode unir-se a Deus e trazer a existência um novo ser, transformando um semen numa pessoa.

Roberta Back – funcionária Fz

A mulher é a base da sociedade e infelizmente não é valorizada por isso. Por um tempo nossa primeira casa foi um ventre. E ali fomos gerados mês a mês dentro de outro ser vivo. 

Desde as mais antigas civilizações a mulher se viu obrigada a cuidar da família, e muitas delas tiveram que lutar sozinhas (sem ajuda na criação dos filhos e no sustento). 

Seja nas tarefas domésticas ou no trabalho remunerado, a mulher nunca se tornou inferior ao homem por ter a dádiva de fazer muitas tarefas com qualidade de uma só vez. Aliás, muitas empresas estão entendendo a eficiência e os rápidos resultados ao ter mais mulheres no time. 

E as empresas que não aderiram por livre e espontânea vontade, se viram obrigadas pois a população de acordo com o censo do IBGE, de 2010, o percentual de mulheres já era em 51%, enquanto o de homens era de 49% do total da população brasileira.

Ainda sendo a maioria, infelizmente existem preconceitos e exigências por biótipos perfeitos, feminicídio e mulheres que são vítimas de abusos físicos, psicológicos e agressões verbais todos os dias devido às leis fracas e arcaicas no Brasil.

Além do que se pode ver as mulheres continuam lutando por respeito, desmistificando o padrão feminino estabelecido pela sociedade que para ser mulher, precisa ter voz delicada, usar maquiagem todos os dias e jamais ficar sem pintar as unhas. Que possam usar artigos para embelezar-se ou não e continuarão sendo femininas, e sejam livres para admirar-se como são sem precisar da aprovação alheia. E isso inclui a liberdade em escolher as roupas que deseja usar, afinal um figurino ou ser toda tatuada não descreve sua essência.

Vamos ajudar a esclarecer com nossas atitudes diárias, até dentro do próprio clã feminino, que mulheres têm que se unir e não agir com machismo entre elas, diminuindo a outra para se enaltecer.

Priscila Haimann – funcionária Fz

Andem na contramão da multidão que as divide. Mulheres têm o poder de transformar qualquer coisa quando querem.

E  tudo bem a mulher escolher não ter filhos. O corpo é dela e nem todas conseguem lidar com a transformação do seu corpo e estar disposta a se abdicar por um período na criação dos filhos. 

Débora Barbosa – funcionária Fz

Mulheres são donas de si. Mas para isso ser uma verdade elas têm pago um alto preço dedicando-se pela primeira vez por si mesmas.

Temos visto ao longo dos 38 anos na Fonzaghi Consignações, como as mulheres podem ir além das expectativas ao se tornarem empreendedoras, e consequentemente transformam todo o seu coletivo.

Através da consignação vimos sonhos se realizarem, vimos o empoderamento feminino tomar forma na vida daquelas que pela primeira vez não dependiam mais financeiramente de maridos e agora podiam ser livres de um relacionamento tóxico e maléfico. 

Vimos também outras ingressar na faculdade a custos do seu próprio trabalho, a revenda presencial de porta em porta. Outras seguiram a carreira comercial e abriram sua própria loja e tocaram seu negócio com sucesso, através dos treinamentos que oferecemos.

Não existe alegria maior ao vermos todas as mulheres, seja as que compõem o nosso time de funcionárias ou as consultoras, vencendo na vida e realizando seus projetos.

Acredite, elas podem e devem ser as protagonistas da própria história. 

Para todas as mulheres, de todos os biotipos, de todas as etnias e regiões, desejamos muito mais que um feliz dia da Mulher. Desejamos que sejam donas de si em toda sua magnitude.

 

Quer saber todas as novidades da Fonzaghi em primeira mão?

Adicione nosso número 41 99252-9514  Fz Comunica na sua agenda de contatos para não sermos bloqueados como spam pelo WhatsApp. Posteriormente nos envie uma mensagem: Eu quero e aguarde os próximos recebimentos semanais.

Seja uma consultora Fonzaghi e mude a sua história através da consignação.


Copyright 2021
E-MAIL
CHAT
+
TOPO